Loading

Sonho ao Luar

Sonho ao Luar

2001

Madrugada alucinada!

Longos trilhos de prazer!

Encontrei-te perdida na estrada,

Entregaste-te ao meu ser!...

Tão doce, tão sedenta de carinho,

Chamaste-me a ti,sussurrando baixinho

“Não sou quimera, muito menos visão

Real como tu, com a mesma paixão!

Corremos, gritámos, sonhámos com fulgor!

Sonhei contigo na noite

Passeámos entre as nuvens,

De mãos dadas abrimos caminhos

Percorremos estradas e túneis.

Vi o arco-íris nos teus olhos,

Nos teus lábios, a exaltação!

No teu corpo, uma semente

Fonte de perdição!...

Toquei-te, beijei-te, provei o teu sabor!...

Apaixonados os dois, viajámos ao luar

Sob um manto de estrelas no céu,

Deitámo-nos à beira-mar.

Uma mão percorreu o chão...

Com vontade de revelar,

O teu corpo salpicado de areia

Descoberto para amar!...

Ao luar, sob as estrelas, fizemos amor!...




Nenhum comentário


Deixe o seu comentário: